Inep divulga Edital para Fiscal do Enem 2019

Atualizado em: 15.07.2019

by Enem 2019 on 07/09/2019

O Inep divulgou o edital para fiscal do Enem 2019. As provas do Exame Nacional do Ensino Médio serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, sendo assim os fiscais vão trabalhar dois domingos seguidos. O exame é aplicado em 27 unidades federais, contando 26 estados e o Distrito Federal. Os estados com maiores números de cidades são São Paulo com 210 , Minas Gerais 188 e Bahia com cerca de 160.

Neste artigo vamos apresentar quem poderá ser fiscal do Enem 2019 e como realizar a inscrição. Antes de mais nada, os interessados em trabalhar no exame deverão fazer o cadastro na Rede Nacional de Certificação.

Como ser fiscal do Enem 2019?

Certamente o fiscal terá a responsabilidade de executar atividades e certificação e fiscalização dos procedimentos durante o período das provas. Conforme foi divulgado pelo Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, as inscrições terão início a partir das 10h00min do dia 3 de julho. O documento foi divulgado no Diário Oficial da União e poderá ser visualizado, assim basta clicar em edital para fiscal do Enem 2019.

Inep divulga Edital para Fiscal do Enem 2019

Serão aceitos para trabalhar no Enem 2019 somente aqueles que corresponderem aos seguintes requisitos:

  • Ser servidor público, efetivo e em exercício do Poder Executivo Federal ou ser docente em redes públicas de ensino;
  • Tenha formação mínima no ensino médio;
  • Decerto não estarem e inscritos no ensino médio;
  • Não possuir vínculo com os processos de elaboração, impressão, distribuição e aplicação, além de correção da redação;
  • Servidores públicos não poderão exceder 120 horas de gratificação por Encargo de Curso ou Concurso;
  • Possuir smartphone ou tablet com acesso a própria internet móvel, compatível com sistema operacional Android ou IOS;
  • Disponibilidade de computador com internet para realização do curso de capacitação.

Visto que se identifica aos requisitos, acesse o RNC através do link https://certificadores.inep.gov.br ou pelo aplicativo. O candidato deverá ter em mãos documentos como Cadastro de Pessoa Física – CPF e identidade RG – Registro Geral. Além disso, deverá apresentar informações como número do PIS – Programa de Integração Social e um e-mail válido.

Após concluir o cadastro, em seguida o estudante poderá fazer a inscrição para poder trabalhar no Enem 2019. O período de cadastro se encerra às 23h59min (conforme horário de Brasília) do dia 22 de julho.

No ato da inscrição para fiscal do Enem 2019 o candidato responderá algumas informações pessoais que serão confirmadas a veracidade por meio do Termo de Compromisso e Confidencialidade que será apresentado no ato. O candidato poderá optar em até três cidades na qual gostaria de ser determinado. Após concluir o cadastro o participante receberá via e-mail a situação de inscrição.

Dessa forma, será de responsabilidade da Polícia Federal verificar os dados fornecidos durante o cadastro. Eventualmente encontre alguma informação falsa, automaticamente o estudante terá a inscrição cancelada.

Quanto será pago para os fiscais do Enem 2019?

Os selecionados para trabalhar como fiscal do Enem 2019 deverão se apresentar às 8h00min com o encerramento a saída às 20h00min. Terá que se encontrar dentro do local de aplicação antes das 9h00min, caso contrário entrará somente com a autorização do coordenador.

Conforme é divulgado no edital de fiscal do Enem 2019 a banca RNC pagará os certificadores R$28,50 por hora, ou seja, R$342,00 por dia. O pagamento será feito através de transações bancárias, desse modo o estudante informará uma conta para depósito.

São atribuições do colaborador da RNC, ou seja, do fiscal:

  • Certificar in loco, sob demanda do Inep, a efetiva e correta realização dos procedimentos de aplicação;
  • Registrar em sistema eletrônico as informações coletadas com base na sua atuação;
  • Informar ao Inep as inconsistências identificadas em decorrência da sua observação.

O pagamento será feito após a avaliação. Desse modo, o certificador deverá enviar o Relatório de Certificação e à finalização da demanda via sistema da web. Conforme as edições anteriores o chefe de sala recebia aproximadamente R$230,00; Professores do servidor público um valor de R$318,00; Aplicadores e fiscais aproximadamente R$150,00 e por fim os fiscais de apoio sendo em torno de R$120,00.

Não esqueça de curtir e compartilhar a página do Instagram Guia do Enem. Desde já desejamos boa sorte a todos!

Inep divulga Edital para Fiscal do Enem 2019
5 (100%) 1 voto[s]

Leave a Comment

Notícia anterior:

Próxima notícia: