Inep divulga Resultado do Enem 2019

Veja como consultar o resultado individual do Enem 2019: Veja como consultar sua nota! O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou agora há pouco o resultado individual do Enem 2019 – Exame Nacional do Ensino Médio. Os estudantes podem acessar suas notas através da página do participante ou por meio do aplicativo oficial.

As provas do Enem 2019 foram aplicadas em novembro, nos dias 3 e 10. Conforme o balanceamento do Inep, foram pouco mais de 5 milhões de participantes, onde responderam 180 questões de múltipla escolha e redigiram a redação.

Passo a Passo de como visualizar o Resultado do Enem 2019

Imagem Resultado do Enem 2019Os mais de 5 milhões de candidatos que participaram dos dois dias de prova, poderão consultar as notas do Enem 2019 a qualquer momento. Contudo, nas primeiras horas, o sistema pode apresentar um pouco de lentidão, devido à grande quantidade de acessos simultâneos, assim sofrendo sobrecarga de acesso, na qual dificultará o acesso.

Quem optar por acessar o resultado do Enem 2019 pela internet, deverá acessar a página do participante, no mesmo endereço onde foram realizadas as inscrições, disponível em https://enem.inep.gov.br/participante/.

No acesso ao resultado do Enem 2019 através da página do participante, será necessário responder o jogo da figura e informar os números do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha do Enem 2019, uma vez cadastrada no ato da inscrição.

Aqueles estudantes que tiverem a necessidade de recuperar a senha do Enem 2019, deverão clicar no link “Esqueci minha senha”, disponível em azul no canto inferior direito. Com isso, um novo código secreto de acesso será gerado e enviado para o endereço de e-mail ou número de celular cadastrado, conforme escolha do candidato.

Resultado do Enem 2019 através do aplicativo oficial

Inscrições Enem 2019 passo a passoOs estudantes que tiverem preferência por acessar as notas do Enem 2019 por meio do aplicativo oficial do Exame, em seus smartphones ou tablets, também deverão ter em mãos os números do CPF e senha.

Muitos candidatos já fizeram o download e utilizaram o aplicativo desde as inscrições. Nesses casos, basta procurar a opção de consulta ao resultado para visualizar.

Quem optar por baixar o aplicativo agora, basta fazer a pesquisa pela palavra “Enem”. Antes de mais nada, vale observar se o desenvolvedor do mesmo é o Inep. No primeiro acesso, será necessário realizar um login, informando justamente os dados que já mencionamos: CPF e senha.

Notas do Enem 2019 separadas por área de conhecimento e redação

Matérias de Estudos Enem 2019Assim como em todas as outras edições desde 2009, quando o Exame passou a atuar nesse atual formato, são divulgadas cinco notas diferentes para cada participante.

A primeira delas é a redação, avaliada de 0 a 1.000 pontos. As outras quatro são justamente as áreas de conhecimento do Exame:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

A metodologia de correção utilizada pelo Inep, a TRI (Teoria de Resposta ao Item), não leva em conta a quantidade de acertos dos participantes. Com está teoria, é feita uma análise da qualidade das respostas dos estudantes. Desse modo, as questões recebem pesos diferentes, de acordo com os seus níveis de dificuldade. Candidatos que chutam muitos itens, tendem a acertar quantidades próximas de questões fáceis e difíceis, sendo assim penalizados.

Já a redação, é avaliada por uma banca com dois professores, eventualmente poderá haver um terceiro corretor, caso tenha alguma discrepância. De acordo com o edital, dará uma pontuação de 0 a 200 para cada uma das seguintes competências:

  1. Domínio da escrita formal da língua portuguesa;
  2. Compreender o tema e não fugir do que é proposto;
  3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  4. Conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  5. Respeito aos direitos humanos.

Como utilizar a nota do Enem 2019?

Imagem Inep divulga Resultado do Enem 2019Desde do ano de 2009 as notas do Enem são utilizadas como critério de seleção para o ensino superior. Além disso, o Ministério da Educação utiliza a nota do exame critério de avaliação do aprendizado do ensino médio.

O MEC disponibiliza os programas educacionais, onde vamos apresentar a seguir os calendários e exigências de cada um.

Sisu – Sistema de Seleção Unificada

De acordo com o calendário do Sisu 2020, veja todos os prazos:

  • Período de inscrições – 21/01 a 24/01
  • Resultado da chamada regular – 28/01
  • Prazo para participar da Lista de Espera – 29/01 a 04/02
  • Matricula para estudantes selecionado na chamada regular: 29/01 a 04/02
  • Convocação dos candidatos em lista de espera a partir desta data – 07/02 a 30/04.

A única exigência que o Sisu 2020 possui é participação no exame e pontuação acima de 0 na redação. Para quem não sabe, o Sisutem como finalidade selecionar estudantes para instituições públicas.

Prouni – Programa Universidade para Todos

Conforme o calendário do Prouni 2020 divulgado pelo MEC:

  • Inscrições: 28/01 a 31/01
  • Resultados:
    • Primeira chamada: 04/02.
    • Segunda chamada: 18/02.
  • Comprovação das informações:
    • Primeira chamada: 04/02 a 11/02
    • Segunda chamada: 18/02 a 28/02
  • Registro no SISPROUNI:
    • Primeira chamada: 04/02 a 14/02
    • Segunda chamada: 18/02 a 03/03
  • Lista de Espera: 12/03

Uma das principais exigências do Prouni é a participação no Enem 2020 com pontuação média igual ou superior a 450 pontos. Além disso, o estudante deverá ter pontuação superior a zero e cumprir com pelo menos um dos seguintes requisitos:

  • Cursado todos os anos do ensino médio em escolas da rede pública;
  • Ter cursado todo o ensino médio em escolas particulares, contudo, na condição de bolsista integral durante todo o período;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escolas públicas e parcialmente em escolas particulares, uma vez que esteja na condição de bolsista integral na respectiva instituição;
  • Ser estudante portador de deficiência; ou
  • Ser professor de magistério em escolas da rede pública, em pleno exercício da função, com o objetivo de concorrer a bolsas em cursos de licenciatura, exclusivamente, sem a necessidade de comprovar renda.

O Prouni 2020 tem como objetivo conceder bolsas de estudos em instituições privadas. O programa conta com dois tipos de bolsas, sendo uma integral e outra parcial, onde irá cobrir até 50% do valor da mensalidade.

Fies – Fundo de Financiamento Estudantil

Conforme o calendário do Fies 2020 divulgado pelo MEC:

  • Inscrições – 05/02 a 12/02
  • Resultado das modalidades Fies e P-Fies – 26/02
  • Complementação da inscrição na modalidade fies – 27/02 a 02/03
  • Complementação da inscrição postergada – 03/03 a 05/03
  • Lista de espera – 28/03 a 31/03

As regras do Fies 2020 definem que para o estudante estar apto para realizar inscrição no processo seletivo deva atender às seguintes exigências:

  • Tenha realizado as provas do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem em alguma edição do Exame a partir de 2010 e ter conseguido uma média mínima de 450 pontos nas provas de conhecimentos. Além disso, uma pontuação superior a zero na redação.
  • Ter uma renda familiar mensal bruta per capita mínima de três e máxima de 5 salários mínimos.

O Ministério da Educação – MEC criou o FIES a princípio com o objetivo de conceder a estudantes matriculados em instituições privadas de ensino superior crédito financeiro. Assim sendo, para financiar seus respectivos cursos de graduação com baixa taxa de juros e facilidade para quitar o valor financiado.

Antes de mais nada, curta e compartilhe a página do Facebook Enem 2019 ou acompanhe o Guia do Enem pelo Instragram. Boa sorte a todos!